Evite praticar qualquer exercício em jejum, pois isto pode propiciar a perda de massa magra, aumentar o cortisol (hormônio do estresse) e prejudicar o rendimento.

Em média uma hora antes da corrida, dê prioridade aos carboidratos de absorção lenta com baixo ou médio índice glicêmico, por exemplo: batata doce, maçã, pera, pêssego ou pão integral.

Agora, se vamos praticar à noite ou estivermos há muito tempo sem nos alimentar (mais de 3 horas, por exemplo), vale pena ingerir um pouco de proteínas (por exemplo: frango desfiado ou ovo).

Lembre-se que suco de beterraba e espinafre antes do treino, também são excelentes opções para aumentar o rendimento.

Já em relação às quantidades e alimentos mais específicos, é preciso estudar a individualidade, tipo de treino e metabolismo do corredor, para assim personalizar a alimentação conforme os objetivos.

Bons Exercícios!

 

Baseado em um texto tirado do site:

 — com Isis Moreira.

FacebookTwitterGoogle+#Compartilhe